Geriatria

Sobre a Geriatria

A Geriatria é uma especialidade médica oficialmente reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina, cujo foco é o atendimento à pessoa idosa.  A Geriatria não nega o envelhecimento e muito menos tenta evitá-lo, mas reconhece que se trata de um processo complexo, que envolve não só alterações fisiológicas e esperadas, mas também diversas condições patológicas e incapacidades. Diante disso, compreende-se que o olhar do geriatra não pode ser fragmentado; pelo contrário, necessita ser amplo, integral.

Esse olhar integral faz com que a consulta geriátrica tenha um diferencial. Não em termos de competência, visto que cada especialidade médica tem sua importância para o ser humano e suas particularidades, mas porque ela se caracteriza por uma avaliação completa, que não se limita a um órgão, sistema ou parte do corpo. Popularmente, podemos dizer que  engloba todo o corpo, “ dos pés a cabeça”. Não menos importante, o geriatra deve estar atento aos aspectos psicossociais do paciente, à unidade terapêutica paciente-família, às possibilidades de reabilitação e situações de fim de vida. É por isso que geralmente a consulta geriátrica demanda mais de tempo.

O geriatra tem como meta a preservação o quanto possível da funcionalidade do idoso, tentando preservar a sua independência e sua autonomia. E quando isso não é mais possível, ele deve buscar preservar o máximo a qualidade de vida e a dignidade do paciente, respeitando os limites de cada pessoa e entendendo que a morte é um processo natural, que não pode deixar de ser abordado. Geriatria e Cuidados Paliativos caminham lado a lado.

Para abranger todas essas questões, o geriatra não trabalha sozinho. Ele deve contar com a Gerontologia, que similarmente reúne outros profissionais de saúde habilitados para a condução do idoso (fisioterapeutas, fonoaudiólogos, psicólogos, terapeutas ocupacionais, e outros)

A Geriatria é, portanto, uma especialidade cuja importância é extremamente relevante dentro do atual contexto brasileiro, em que a proporção de indivíduos idosos é crescente. Cuidar de nossos idosos tem se mostrado um grande desafio. Com certeza, esclarecer a população acerca dos assuntos que permeiam o envelhecimento e estimular o acompanhamento geriátrico é uma necessidade constante e uma forma de valorizar nossos idosos. Um jovem ao olhar um idoso, ao invés de entristecer-se,  deveria ter orgulho e serenidade  e dizer: “ serei eu amanhã”.

 

Quem é idoso atualmente?

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), idoso é indivíduo com 65 anos ou mais nos países desenvolvidos e 60 anos nos países em desenvolvimento. No Brasil, o Estatuto do Idoso (Lei nº 10741, de 1º de outubro de 2003, revisada em 2017)  define idoso como a pessoa com 60 anos ou mais.

Além disso, a OMS considera muito idoso o indivíduo com mais de 85 anos nos países desenvolvidos e 80 anos nos países em desenvolvimento.

 

Quando devo consultar um geriatra?

É recomendável iniciar o acompanhamento com geriatra a partir dos 60 anos. Mais que tratar, o geriatra é um médico especializado em cuidar de idosos. A palavra “cuidar” assume uma dimensão maior, de acolhimento, atenção e olhar integral.

Nesse sentido, o geriatra orienta medidas preventivas para um envelhecimento saudável, acompanha as alterações decorrentes do envelhecimento normal, assim como as várias doenças e possíveis incapacidades que se somam ao longo da vida.

O geriatra de formação oficialmente reconhecida não promove medidas para evitar o envelhecimento, mas o reconhece com um processo complexo que necessita de uma avaliação integral, individualizada e humanizada.

 

 Como sei se minhas queixas são decorrentes da idade ou se estou doente?

O ideal é procurar um geriatra com especialização oficialmente reconhecida pelo conselho de Medicina para fazer o diagnóstico diferencial, para saber se o que você sente é consequência da idade ou decorrente de alguma doença. E o mais importante: o que pode ser feito para melhorar essa queixa.

 

Locais que o geriatra atende?

No consultório médico, no domicílio do paciente, nas instituições de longa permanência e nos hospitais.

 

Projeto Cuidar

 

Geriatras

 

– Dra. Eliza de Oliveira Borges

CRM-GO 14388 RQE: 9751

Consultas e visitas domiciliares: (62) 3218-5034

Endereço: Viva Bem – Rua 132, nº 159, Setor Sul – Goiânia – Goiás.

CEP: 74935-210

 

– Dra. Jacqueline Cássia de Castro

CRM-GO: 16783 RQE: 11979

Consultas e visitas domiciliares: (62) 3285-7921 / 4101-1004

Endereço: IGPR – Instituto Goiano de Pilates e Reabilitação – Rua 27, nº 300, Setor Marista – Goiânia – Goiás.

CEP: 74150-200

 

– Dra. Jaqueline Souza Lacerda

CRM-GO: 18043 RQE: 12041

Consultas e visitas domiciliares: (62) 3086-1517

Endereço: Clínica Supere – Rua 13, nº 19, Setor Oeste – Goiânia – Goiás.

CEP: 74120-060

 

 

Redes Sociais:

Facebook

Instagram

G+

Twitter

Linkedin

Tumblr

Youtube

 

# Geriatria Goiânia # Geriatra Goiânia # Geriatria Goiás # Geriatra Goiás

5 (100%) 2 votes