Câncer no Idoso

No contexto brasileiro atual, vivenciamos uma transição demográfica e epidemiológica. A transição demográfica ocorre porque a taxa de fecundidade vem reduzindo e a expectativa de vida aumentando. Em paralelo, ocorre uma redução progressiva de doenças infecciosas e aumento proporcional de doenças crônicas, a transição epidemiológica. Em resumo, vivemos mais, mas não isentos de doenças crônicas.

Entre as doenças crônicas, o câncer aparece como uma das patologias que vem aumentando sua prevalência em idosos. Isso se deve a fatores complexos, envolvendo alterações genéticas do envelhecimento e exposição crônica a estressores, como obesidade, alcoolismo, tabagismo, sedentarismo, uso de hormônios.

Os tipos mais frequentes de câncer na terceira idade são: melanoma (câncer de pele), próstata, mama, intestino, pulmão e estômago.

O aumento da ocorrência de câncer entre os idosos alerta toda a sociedade e a classe médica sobre a importância da prevenção, diagnóstico precoce e início do tratamento em tempo hábil, visando sempre a qualidade de vida e os limites de cada pessoa. Existem diversos exames preventivos e diagnósticos que devem ser adequadamente individualizados no idoso.

 

Projeto Cuidar

Geriatra

Dra. Eliza de Oliveira Borges

CRM-GO 14388 RQE: 9751

Consultas e visitas domiciliares: (62) 3218-5034

Endereço: Viva Bem – Rua 132, nº 159, Setor Sul – Goiânia – Goiás. CEP: 74935-210

Mostre mais

# Geriatria Goiânia

Redação do Geriatria Goiânia

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Fechar
Botão Voltar ao topo