Importância do diálogo entre Geriatra e Idoso

Ser um bom geriatra não se resume somente a fazer o diagnóstico e indicar o tratamento correto. O vínculo e a comunicação clara com o paciente são extremamente importantes. Um estilo excessivamente formal e distante certamente não ajuda, assim como o tom paternalista, como se o idoso fosse uma criança. O geriatra deve ser receptivo com o idoso e ouvir as suas queixas, por mais simples que pareçam ser. Praticar a escuta, respeitar a história de vida do idoso e reconhecer a sua sabedoria são ações que os livros não ensinam e que por isso mesmo fazem total diferença.

 

Projeto Cuidar

Geriatra

Dra Eliza de Oliveira Borges

CRM-GO 14388 RQE: 9751

 

Agende sua consulta

Contato: (62) 3218-5034

Endereço: Viva Bem – Rua 132, nº 159, Setor Sul – Goiânia – Goiás.

CEP: 74935-210

Site: https://geriatriagoiania.com.br

 

Sobre a Dra Eliza de Oliveira Borges

– Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Goiás;

– Residência em Clínica Médica pelo Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO);

– Residência em Geriatria pelo Hospital de Urgências de Goiânia;

– Titulada em Geriatria pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG);

– Pós-graduação em Cuidados Paliativos pelo Instituto PalliumLatinoamérica / Medicina Paliativa, Buenos Aires- Argentina;

– Preceptora da Residência de Clínica Médica do Hospital Alberto Rassi- HGG;

– Integrante do Núcleo de Apoio ao Paciente Paliativo (NAPP), Hospital Alberto Rassi- HGG;

– Secretária Geral na Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia Seção Goiás.

Mostre mais

# Geriatria Goiânia

Redação do Geriatria Goiânia

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar