Significado de Fragilidade para a Geriatria

A fragilidade é uma síndrome clínica multifatorial, caracterizada pela diminuição da reserva energética e pela resistência reduzida aos estressores. Ela resulta do declínio cumulativo dos sistemas fisiológicos e causa maior susceptibilidade a desfechos desfavoráveis diante de situações adversas. Está diretamente relacionada a dependência funcional, institucionalização e elevada mortalidade.

Para identificar a existência de fragilidade, alguns sintomas devem estar presentes como a perda de peso involuntária, exaustão, fraqueza, diminuição da velocidade da marcha e do equilíbrio e diminuição da atividade física. Estas manifestações clínicas podem levar a inúmeras reações adversas como quedas, hospitalização, institucionalização, declínio funcional e morte.

O diagnóstico é basicamente clínico com a análise da presença dos sintomas. O indivíduo é considerado frágil ao apresentar três ou mais critérios; os que apresentam um ou dois critérios são classificados como pré-frágeis e os que não apresentam nenhuma das alterações mencionadas são considerados robustos.

O diagnóstico de fragilidade auxilia os geriatras e profissionais da área a identificar os idosos em frágeis ou pré-frágeis, fornecendo os cuidados clínicos adequados de acordo com as demandas agudas e com as necessidades de recuperação.

 

Projeto Cuidar

Geriatra

– Dra. Eliza de Oliveira Borges

CRM-GO 14388 RQE: 9751

Contato: (62) 3218-5034 / 3253-1919

Whatsapp: (62) 98622-0066

Endereço: Instituto de Especialidades e Sono (IES) – Rua T 55, nº 869, Setor Bueno – Goiânia – Goiás.

Rate this post
Mostre mais

# Geriatria Goiânia

Redação do Geriatria Goiânia

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Whatsapp
1
Agende sua consulta com a Dra Eliza!
Agende consulta com a Dra Eliza de Oliveira Borges!