Automedicação em Idosos

Além do possível surgimento de efeitos colaterais indesejados e graves, a automedicação nos idosos pode agravar os sintomas de doenças e interagir com outros medicamentos em uso.

Alterações próprias do envelhecimento promovem mudança nas propriedades farmacocinéticas e farmacodinâmicas dos medicamentos, tornando o idoso mais susceptível aos efeitos colaterais como alergias, intoxicações e até a morte.

Assim, as pessoas idosas, principalmente aquelas que já fazem uso de medicação rotineira, devem sempre ser acompanhadas por um médico, de preferência o geriatra, para que possam fazer o uso de medicações de forma correta e racional.

 

Projeto Cuidar
Geriatra

Dra. Jaqueline Souza Lacerda

CRM-GO: 18043 RQE: 12041

Consultas e visitas domiciliares: (62) 3086-1517

Endereço: Clínica Supere – Rua 13, nº 19, Setor Oeste – Goiânia – Goiás. CEP: 74120-060

Mostre mais

# Geriatria Goiânia

Redação do Geriatria Goiânia

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo