Diferença entre tristeza e depressão

A depressão diferentemente da tristeza não precisa de um motivo para ocorrer.

Entenda a diferença entre tristeza e depressão?

A tristeza é um sentimento como qualquer outro, que pode acontecer a pessoas de todas as idades e em qualquer momento da vida. Além disso, a tristeza é importante pois ajuda na elaboração das perdas ou sofrimentos ocasionais. A pessoa triste pode ter sintomas físicos , como: aperto no peito, coração acelerado e choro. A tristeza sempre tem um motivo, com o tempo vai se amenizando e a vida retoma o ritmo normal.

A depressão diferentemente da tristeza não precisa de um motivo para ocorrer, trata-se de uma doença que causa intenso sofrimento tanto para a pessoa acometida por esse transtorno, quanto para os que convivem com ela. Além disso, pessoas de qualquer idade podem ter depressão e necessitam de tratamento! Dessa forma, qualquer acontecimento de alegria na vida da pessoa com depressão, não é suficiente para trazer-lhe felicidade.

É evidente que um dos principais sintomas da depressão é a tristeza profunda, que deve ocorrer na maioria dos dias. Mas é importante ressaltar que existem outros sintomas, como a dificuldade de fixar atenção e especialmente a queda de energia. Nesse sentido, a depressão causa diversas alterações capazes de afetar o funcionamento do indivíduo em muitas  áreas de sua vida.

Especificamente nos idosos, a depressão pode passar despercebida e trazer intenso sofrimento. É comum a ideia de que é normal o idoso ser mais triste, mais quieto e calado,  que o idoso está desatento  ou com a memória prejudicada por causa da idade somente.  Além disso, é frequente a falta de um tratamento adequado, porque muitas vezes o médico subestima o impacto da depressão na qualidade de vida do idoso e prescreve medicamentos  em dose inadequada ou por tempo menor que o necessário.

Confira algumas características da depressão nos idosos:

Maior chance de recorrência;

Maior mortalidade;

Quando o idoso fala em suicídio não se pode subestimar, porque há maior chance de ele chegar as vias de fato;

Presença de queixas de memória prejudicada ou lentificada e dificuldade de concentração ( tempos atrás, a depressão no idoso era chamada de “ falsa demência”,  tamanho  o impacto na memória e na atenção). Mas a depressão  também pode ser um sintoma inicial da demência;

Prevalência aumentada em idosos com doenças crônicas ( diabetes, hipertensão) e desordens neurológicas ( AVC, demências, doença de Parkinson)

Sensação de desesperança ( nem sempre o idoso refere “ tristeza”);

Prejuízo da funcionalidade;

Sintomas se misturam ou simulam doenças crônicas ( amplo espectro de sintomas).

 

Projeto Cuidar

Contato para consultas e visitas domiciliares:

(62) 3218-5034

 

Geriatras

– Dra. Eliza de Oliveira Borges

CRM-GO 14388 RQE: 9751

 

– Dra. Jacqueline Cássia de Castro

CRM-GO 16783

 

– Dra. Jaqueline Souza Lacerda

CRM-GO 18043

 

Endereço: 

Rua 132, nº 159, Setor Sul. Instituto Viva Bem – Goiânia – Goiás.

CEP: 74093-21028

 

Redes Sociais:

Facebook

Instagram

G+

Twitter

Linkedin

Tumblr

Youtube

 

# Geriatria Goiânia # Geriatra Goiânia # Geriatria Goiás # Geriatra Goiás

Mostre mais

Dra. Eliza de Oliveira Borges

Dra. Eliza de Oliveira Borges é Médica Geriatra.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar