Medicamentos que aumentam o risco de Alzheimer

A literatura científica aponta que o uso crônico de benzodiazepínicos, os famosos medicamentos de tarja preta (diazepam, clonazepam, bromazepam, etc), aumenta em até 30% o risco de desenvolver a Doença de Alzheimer.

Essas medicações estão na lista de medicamentos potencialmente inapropriados para os idosos que além do déficit de memória, são importante causa de sonolência excessiva, visão turva, tontura e quedas.

O uso dessas medicações, assim como a sua suspensão, deve ser avaliada de forma criteriosa. O Geriatra é o especialista médico habilitado para a avaliação ampla e individualizada das medicações que trazem risco ao idoso.

 

 

Projeto Cuidar

Geriatra

Dra Eliza de Oliveira Borges

CRM-GO 14388 RQE: 9751

 

 

Agende sua consulta:

Contato: (62) 3218-5034

Endereço: Viva Bem – Rua 132, nº 159, Setor Sul – Goiânia – Goiás.

CEP: 74935-210

Site:https://geriatriagoiania.com.br

 

 

Sobre a Dra Eliza de Oliveira Borges

– Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Goiás;

– Residência em Clínica Médica pelo Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO);

– Residência em Geriatria pelo Hospital de Urgências de Goiânia;

– Titulada em Geriatria pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG);

– Pós-graduação em Cuidados Paliativos pelo Instituto PalliumLatinoamérica/ Medicina Paliativa, Buenos Aires- Argentina;

– Preceptora da Residência de Clínica Médica do Hospital Alberto Rassi- HGG;

– Integrante do Núcleo de Apoio ao Paciente Paliativo (NAPP), Hospital Alberto Rassi- HGG;

– Secretária Geral na Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia Seção Goiás.

Mostre mais

# Geriatria Goiânia

Redação do Geriatria Goiânia

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar