Pé diabético

É caracterizado por úlceras nos pés de pacientes diabéticos. Essas úlceras geralmente são difícil cicatrização, por diversos fatores, dentre eles: desnutrição crônica, má circulação, sensibilidade reduzida e toxicidade decorrente dos níveis oscilantes de glicose no sangue.

Cuidados com o pé diabético:

-Realizar a higiene diária dos pés e secá-los;

-Cortar as unhas em linha reta;

-Usar sapatos macios e meias que não apertam;

-Examinar os pés e verificar se há alteração de cor, inchaço, dor, úlceras, rachaduras ou sensibilidade.

-Controlar os níveis de glicose

-Procurar assistência médica caso perceba alguma alteração como úlcera ou dormência:

O controle e a prevenção do diabetes é fundamental para diminuir o risco de desenvolver úlceras e evitar amputações.

 

 

Projeto Cuidar

Geriatra

Dra Eliza de Oliveira Borges

CRM-GO 14388 RQE: 9751

 

 

Agende sua consulta!

Contato: (62) 3218-5034

Endereço: Viva Bem – Rua 132, nº 159, Setor Sul – Goiânia – Goiás.

CEP: 74935-210

 

 

Sobre a Dra Eliza de Oliveira Borges

– Graduação em Medicina pela Universidade Federal de Goiás;

– Residência em Clínica Médica pelo Hospital de Urgências de Goiânia (HUGO);

– Residência em Geriatria pelo Hospital de Urgências de Goiânia;

– Titulada em Geriatria pela Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG);

– Pós-graduação em Cuidados Paliativos pelo Instituto PalliumLatinoamérica / Medicina Paliativa, Buenos Aires- Argentina;

– Preceptora da Residência de Clínica Médica do Hospital Alberto Rassi- HGG;

– Integrante do Núcleo de Apoio ao Paciente Paliativo (NAPP), Hospital Alberto Rassi- HGG;

– Secretária Geral na Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia Seção Goiás.

Mostre mais

# Geriatria Goiânia

Redação do Geriatria Goiânia

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar